AUSTRÁLIA: aplicando o visto

by - março 29, 2014


Caso você ainda não saiba, os brasileiros que pretendem ir à Austrália precisam aplicar visto e, no meu caso, o visto de turista servia muito bem, pois é o mais básico e simples para se aplicar. Vamos então às informações importantes, que eu penso serem interessantes para você, que está planejando ir à terra dos aussie, precisa saber para aplicar seu visto de turista também.


Documentação necessária para aplicação do visto de turista:

Saldo em conta corrente: É preciso comprovar uma certa quantia em dinheiro, disponível em conta corrente, para o visto de turista. Caso você não tenha o valor em sua própria conta, não há problema, já que você pode ter um patrocinador para sua viagem. Essa pessoa, que não precisa ser seu parente (ou seja, pode ser amigo, vizinho, conhecido...), deve solicitar ao gerente de sua agência bancária a assinatura de um documento em que conste há quanto tempo a pessoa é cliente daquele banco, o saldo (em dólar) da conta corrente, o nome completo, carimbo e assinatura do gerente do banco e também o endereço da agência. Ah, o documento deve ser emitido todo em inglês, ao Consulado Australiano. O valor depende de quanto tempo você pretende ficar. Para quem vai estar por 2 semanas aproximadamente R$3.000,00 é o indicado para comprovar em conta.


Dados pessoais: É preciso preencher o formulário com alguns dados pessoais. Como eu fui com a CESE - Intercâmbio Cristão, uma agência de intercâmbio cristão, eles é quem encaminharam tudo isso pra mim, pela internet, à Embaixada da Austrália. Além das informações pessoais como nome, endereço residencial com CEP, telefone residencial e celular, é preciso fornecer o número dos documentos pessoais também, como passaporte (cópia também), RG, CPF, número de cartão de crédito internacional, bandeira, data de validade e código de segurança. Outra coisa importante também é que eles pedem algumas informações de pessoas próximas a você, por exemplo: dados de esposa/marido e dos filhos menores que não acompanham na viagem (nome completo, data de nascimento e endereço completo de cada um deles); em caso de visita a amigos e/ou parentes: nome completo, data de nascimento, grau de parentesco, endereço completo de cada um, telefones de contato (comercial, residencial e celular com código de área) e situação (residente temporário ou permanente); no caso de uma pessoa que está financiando a viagem: (nome completo e endereço) caso não trabalhe. Se você for autônomo, o sistema pode pedir alguns documentos que precisam ter tradução juramentada e enviados eletronicamente. Precisa informar também que tipo de trabalho autônomo você faz e, se você for aposentado, deve informar a data da aposentadoria. E mais algumas outras informações importantes que eles pedem, como as datas estimadas de sua viagem, incluindo o número dos voos. Se você for menor de idade, é preciso toda uma documentação dos pais, mas como eu já passei dos 18 faz tempo, infelizmente não posso ajudar nessa questão, rs.


Carta de Apresentação pessoal: Nesta carta, que deve ser escrita em inglês, você pode falar um pouco sobre você, seu nome, idade, se trabalha ou estuda, com quem mora. Pode também falar os motivos pelos quais a Austrália te "atrai" para conhecer o país, como pontos turísticos (Opera House, o Sea Life Sydney Aquarium, a Harbour Bridge)..


Carta do empregador: É indicado que a empresa onde você trabalha emita uma carta, também em inglês, onde informações como seu nome completo, número da carteira de trabalho, CPF e RG, tempo de trabalho e função. Também é importante informar que você vai voltar para continuar a trabalhar lá, rs. Endereço da empresa, telefone e carimbo de quem for assinar (se possível o Recursos Humanos) é bom também.

Para maiores informações sobre documentação, prazos, tipos de visto e afins, acesse o site da Embaixada da Austrália no Brasil. Ah, e o visto de turista sai bem rápido, questão de 1 semana! ;)

E você? Tem alguma dica a respeito da aplicação do visto australiano? Sim? Então conte aqui pra gente nos comentários!

Até o próximo post!

Já viu esses posts?

0 comentários