RIO DE JANEIRO: Boulevard Olímpico

by - outubro 04, 2017




O Boulevard Olímpico é um dos pontos turísticos do Rio de Janeiro mais recentes e mais frequentados também. Localiza-se na Praça Mauá, antiga zona portuária da cidade e importante região histórica do país, já que abriga os antigos marcos de chegada e moradia dos escravos africanos no Brasil.
O boulevard compreende a região dos Jardins do Valongo ao Cais da Imperatriz, incluindo o Museu de Arte do Rio (MAR) e o Museu do Amanhã, fica bem no centro da cidade e já integra o conjunto de pontos turísticos mais visitados do Rio.

Av. Rodrigues Alves, 335 - Centro, Rio de Janeiro - RJ

De metrô: descer na estação Uruguaiana, que tem saída para a Avenida Presidente Vargas. Dali, é só pegar a Avenida Rio Branco (que "corta" a Av. Presidente Vargas) à esquerda e caminhar até chegar ao boulevard.

De ônibus: pegar qualquer ônibus que passe na Avenida Rio Branco e descer no último ponto no início da avenida; ou pegar qualquer ônibus que passe na Avenida Presidente Vargas e descer próximo da Avenida Rio Branco (ou próximo à Igreja da Candelária).

De VLT (Veículo Leve sobre Trilhos): descer na Parada dos Navios, que é a parada que fica bem no meio do Boulevard Olímpico.
Uma das coisas mais legais para se fazer no Boulevard Olímpico é simplesmente aproveitar o espaço e avista urbana e natural do lugar. Urbana, porque dá pra ver os prédios de uma das avenidas mais movimentadas da cidade, além da arquitetura antiga e histórica de alguns prédios próximos e, natural, porque dá pra ver a Baía de Guanabara, com a Ponte Rio-Niterói ao fundo, o que fica lindo em dias de sol carioca.

Outra opção é conhecer o Museu de Arte no Rio (MAR) e o Museu do Amanhã. São museus recém-construídos e bem movimentados, com diversas exposições interessantes sobre história, arte e cultura, além de serem parte integrante do boulevard, então dá pra aproveitar bastante o passeio.

Tirar uma foto na já famosa placa "Rio_Te Amo" (antes "#CidadeOlímpica") é quase que obrigatório a todo visitante no boulevard. Só é preciso esperar um pouco, porque a fila pra essa foto é considerável.

Apreciar o maior mural de grafite do mundo é, com certeza, uma ótima maneira de curtir o passeio. O artista Eduardo Kobra, meu favorito nesse estilo artístico de pintura, criou uma arte linda em um enorme paredão no boulevard, o que rende várias fotos de recordação no lugar.

Frequentemente há exposições e eventos culturais em alguns dos antigos armazéns que ficam de frente ao mural de grafite. Vale a pena dar uma checada, porque às vezes acontecem eventos muito interessantes e em curta exibição.

Depende muito do que você quer fazer mas, vamos lá:
se você vai aos dois museus (MAR e Museu do Amanhã) e quer conhecer o espaço ao ar livre do boulevard, sugiro uma tarde completa.
se você vai apenas nos museus, em aproximadamente 3h é possível conhecer os dois espaços.
se você vai apenas conhecer o espaço ao ar livre do boulevard, 2h são o suficiente.


Museu do Amanhã, Museu de Arte no Rio (MAR), AquaRio, vista da Baía de Guanabara com a Ponte Rio-Niterói ao fundo.




Como toda cidade grande, sugiro sempre atenção aos pertences pessoais e eletrônicos.

Se você gostaria de conhecer os museus, vá com calçados confortáveis, porque é bem cansativo conhecê-los por completo. Isso facilita não só a disposição para continuar o passeio, como não tornar a visita chata por ficar muito cansativa.

O horário da tarde é bom para apreciar o local mas, se você for no verão, tome os cuidados básicos como calçados confortáveis, roupas leves e muita hidratação O calor no Rio chega a ficar insuportável no final e início do ano, principalmente para quem não mora na cidade e não está acostumado ao clima extremamente quente.

Se sua ideia é conhecer os museus e o boulevard ao ar livre, sugiro conhecê-los primeiro e, depois, conhecer a região ao redor. Assim você pode passear ao ar livre mais tranquilamente, sem se preocupar com o tempo que terá pra conhecer os museus e todas as suas exposições, além do fato de que não há muito o que se fazer no boulevard a não ser andar e tirar fotos de recordação, o que é muito interessante, claro.


Já fui várias vezes ao Boulevard Olímpico e posso dizer que é um dos pontos turísticos que mais gosto no Rio. A cidade passou por uma situação bem polêmica na construção do local, isto porque houve um grande projeto de revitalização e reestruturação de diversos trechos antigos e importantes da região mas, hoje em dia, parece que a população aderiu melhor à Nova Praça Mauá e seu entorno, ou seja, o Boulevard Olímpico.
Não curto muito museus, mas conhecer os dois que estão no local e, depois poder passear tranquilamente andando pelas ruas cheias de cultura e arte e movimentação de pessoas, é bem interessante. Em meio ao caos de uma cidade grande e super em evidência no país e no mundo, encontrar um lugar que alia história à arte e à cultura é bem enriquecedor. Recomendo para quem está de passagem pelo Rio ou para quem mora na cidade e ainda não conheceu o lugar!

Vista do Museu de Arte do Rio
Museu de Arte do Rio
Baía de Guanabara com a Ponte Rio-Niterói ao fundo.
Feiras artesanais com food trucks
Exposição ao ar livre do Museu do Amanhã
Feira cultural e artesenal
Mural "Todos Somos Um", de Eduardo Kobra
Parada dos Navios - VLT (Veículo Leve sobre Trilhos)

E você? Já foi ao Boulevard Olímpico? Sim? Então conte aqui pra gente como foi!
Até o próximo post!

Já viu esses posts?

0 comentários