(Meu) Top 10 filmes gravados em Nova York

by - janeiro 24, 2016


Vamos admitir que as ruas de Nova York já são, por si sós, verdadeiros sets de gravação hollywodianos, não é?! E confesso que parte da minha paixão por essa cidade veio após os tantos filmes gravados lá que eu já assisti na minha vida. Chego ao ponto de procurar no Google Maps o nome das ruas que eu consigo ver nas placas das esquinas da Big Apple, pode isso? Ah, pode, né?! Presto atenção em cada detalhe, cada esquina e táxi amarelo passando pelas ruas.  
Bom, porque eu amo cinema e Nova York, resolvi fazer esse post com meu "Top 10" de filmes gravados nessa cidade linda. A lista não está em ordem de preferência, muito menos em ordem alfabética e espero não ter sido "injusta" com nenhum outro filme que tenha sido gravado lá.  
 
1 - De Repente 30: "Trinta anos é a idade do sucesso". Concorda ou discorda? Mas o fato é que ter visto Nova York com aquele ar de anos 80 foi bem divertido, não é? Eles juntaram as emoções do passado com a correria e a competitividade de quem está em Manhattan e eu gosto muito quando Nova York vem acompanhada com essas combinações inusitadas. A cidade fica mais bonita e divertida, concorda? 

Foto: dvdactive

2 - Hitch, Conselheiro Amoroso: Ok, o filme é divertido, é comédia romântica e ainda tem o Will Fofo Smith na parada, mas o que eu curto mesmo são os takes pela cidade, como por exemplo as filmagens no SoHo, um dos meus bairros favoritos em Nova York. Como resistir àquelas ruas de pedra, com aqueles prédios industriais antigos e adaptados ao urbanismo de Manhattan? Ah, e o filme ainda mostra a Ellie Island, um dos pontos turísticos mais interessantes da cidade... Enfim, é uma boa pra quem gosta de ver NYC nas telas.   

Foto: stevenbenedict

3 - Annie: Está aí um exemplo de que eu consigo "suportar" assistir um musical até o fim. Ok, foi gravado em Nova York e é um dos filmes em que mais aprendi sobre os bairros e pontos turísticos da cidade. O filme é bonito, divertido e emocionante, além de mostrar várias áreas da Big Apple que a gente não costuma ver muito em Hollywood.  

Foto: pipocadepimenta

4 - Duro de Matar 3: Tem como resistir a Bruce Willis, fazendo filme de ação e em Nova York? Acho difícil, hein? E uma das cenas inesquecíveis desse filme é quando ele descobre que a jogada do Jeremy Irons era fazer com que ele e o Samuel L. Jackson fossem para a Wall Street, quando na verdade a ideia do Jeremy era ir para a área das escolas de Manhattan, já que não tem escolas em Wall Street. Eita, roteiro bom!

Foto: onthesetofnewyork

5 - Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância): Vou fazer uma confissão: não consigo assistir de uma vez só e antes da premiação a todos os principais filmes indicados ao Oscar em determinado ano. A conclusão disso é que acabo vendo esses filmes depois do prêmio da academia e com "Birdman" não foi diferente. Sim, eu vi depois de todo o comentário que fizeram desse filme, mas mesmo assim tive também a surpresa em ver como o roteiro é bom. Detalhe pra cena em que o Michael Keaton fica trancado do lado de fora do teatro da Broadway, em que ele está atuando em uma peça naquele momento e tem que contornar o quarteirão (enorme por sinal, como todo bom quarteirão em Manhattan), passando em plena Times Square para chegar à entrada do teatro. E o final do filme? Não, não sou a favor de spoilers gratuitos assim. Pode deixar que não vou contar aqui.  

Foto: youtube

6 - Encontro de Amor: Esse eu gosto porque trata de dois temas que me interesso por estudar a respeito dos Estados Unidos: Nova York e imigração. Acho interessante quando eles mostram como os imigrantes vivem no país, principalmente os negros e latinos, que são a maioria por lá. Já no início do filme vemos cenas no Bronx, bairro de origem não só da personagem como da própria Jennifer Lopez e já dá pra ter uma noção da diferença entre essa região e os bairros de Manhattan. Acho interessante como essa cidade consegue sobreviver em meio à tanta diferença cultural, não é?   

Foto: chrisandelizabethwatchmovies

7 - Um Dia Especial: Um dos meus favoritos, porque tem romance, Nova York, George Clooney e Michelle Pfiffer em uma coisa só. Esse é um daqueles antigos, que passavam na sessão da tarde na época da escola e que fazem a gente curtir ainda mais a Big Apple. Tem várias cenas pela cidade e uma das que eu mais gosto é a que os dois, mais as crianças, fazem aquela ceninha boba de comédia romântica onde todo mundo fica dando gargalhada e uma música bonitinha fica tocando ao fundo. Pronto! Já conquistou uma cinéfila boba, no caso, eu.  

Foto: alchetron

8 - Esqueceram de Mim 2: Perdido em Nova York: Um dos primeiros filmes de Nova York que eu vi e quantas vezes eu já vi esse filme! Já sei algumas falas de cor e até as músicas eu já consigo identificar e o que eu acho legal é que o filme se passa também em outro estado que gosto muito, que é Illinois (onde o Kevin McAlister, personagem do Macaulay Kalkin mora)... E no inverno! E no Natal! Pensa num Natal, no inverno em Nova York (esqueça os sufocos que as pessoas passam no inverno de quase -20°C lá)? Lindo demais!  

Foto: dailyedge

9 - Um Homem de Família: Um dos motivos de eu gostar desse filme é porque parte da produção retrata New Jersey, um dos meus lugares favoritos em Nova York. NJ é "o interior" da "cidade", uma região de bairros residenciais típicas do subúrbio norte-americano, com aquelas casas no estilo vitoriano, vizinhança tranquila e linda no outono, com aquelas árvores cheias de folhas marrons e amarelas, prontas para enfeitar as ruas. Poético, eu sei, mas também sei que o lugar não é "só flores", mas eu tomo por base o que eu vejo no cinema, então #mimdeixa ser feliz em NY. 

Foto: metacafe

10 - A Vida Secreta de Walter Mitty: Este é recente e, confesso, não me prendeu quanto ao enredo da estória. A ideia do roteiro até é bastante interessante: um homem visto como comum, em meio à essa sociedade burguesa e individualista, em que ele tenta sobreviver às pressões não só do trabalho, mas de seu próprio eu quando se depara com um possível romance com uma colega de trabalho, vive sonhando (literalmente), tanto que, literalmente, é transportado para seu imaginário indo para lugares por sua vez inimagináveis, como a belíssima Islândia, um dos meus lugares favoritos nesse mundo. E onde é que Nova York entra nisso? Bom, o Ben Stiller, personagem principal, mora no Harlem e, vejam só, pega trem na estação com a vista mais criativa e artística que eu acho que aquela cidade tem: a 125 Street. Se você não conhece a vista que se tem dessa estação, dê um Google aí rapidinho e, depois, volte aqui pro post (é claro), para comentar o que você achou desse meu "Top 10 de filmes gravados em NYC". E, sobre o filme, quando se junta Nova York e Islândia, eu fico logo feliz. Daí gostei das viagens mentais do Walter Mitty só por causa disso.

Foto: movingintonewyork

Mas diga lá.. Qual é o seu top 10 filmes gravados em Nova York? Conte aqui pra gente nos comentários!


Até o próximo post!

Já viu esses posts?

0 comentários