Como chegar ao Big Ben, em Londres

by - 9:37:00 AM


O Big Ben é provavelmente um dos lugares que você está planejando conhecer em Londres, certo? Pois vá, porque é bem legal tirar aquela foto de turista em frente ao relógio mais famoso da Inglaterra como plano de fundo. Neste post você vai conhecer algumas dicas de como chegar ao Big Ben e aproveitar Londres ainda mais.

Vamos, primeiramente, esclarecer algumas dúvidas sobre o que de fato é chamado de Big Ben. A torre em que o relógio fica chama-se "Elizabeth Tower" (em homenagem à rainha em seu jubileu); o relógio em si é chamado de Westminster Clock; e o prédio em que tanto o relógio quando a torre ficam instalados é o prédio do Parlamento Britânico, chamado de Houses of Parliament.
O Big Ben acabou por ficar conhecido por esse nome em uma possível homenagem a um homem alto e que chamava atenção por seu porte, o boxeador inglês Benjamin Caunt.
Westminster, London, SW1A 0AA.
É muito fácil chegar a um ponto turístico conhecido em uma cidade grande, porque a facilidade de transporte é grande, já que a intenção é que muitos turistas visitem o local. Para chegar ao Big Ben há uma estação de metrô bem em frente ao monumento, a Westminster Station, além de vários ônibus circularem no entorno do local.
Sugiro sempre o transporte público como primeira opção em grandes cidades devido ao fato de, muitas das vezes, ser mais difícil encontrar estacionamento facilmente e barato também.
O Big Ben está em reformas e ainda não foram finalizadas, então não é possível nem realizar visitas e nem admirar a arquitetura da torre e do relógio, já que há vários andaimes cobrindo o monumento. Uma pena, mas ainda assim vale a pena passar pelo local para apreciar o conjunto da obra. O prédio do parlamento e o Rio Tâmisa são pontos turísticos imperdíveis em Londres.
Para fotos e apreciação dos pontos turísticos próximos, externamente, de 30min a 1h.

Abadia de Westminster, Parlamento Britânico, Rio Tâmisa.

Fique ligado nas notícias! É bem melhor conhecer o Big Ben visitando-o do que tirando fotos dele coberto por andaimes. Mas, se não tiver jeito, vá na época das obras mesmo. Ainda assim vale a pena.

Planeje seu dia para não só chegar ao Big Ben como, também, às atrações turísticas próximas a ele. Dali é possível caminhar para conhecer o Rio Tâmisa, por exemplo, e fazer o famoso passeio de ferry. Aliás, esse passeio é imperdível, porque dá pra conhecer várias atrações turísticas de uma só vez: A The London Eye, o Parlamento Britânico, o Big Ben, a Ponte de Londres etc.
Visitei o Big Ben quando eu estava em intercâmbio na Inglaterra. Nós fomos até lá saindo da Troca da Guarda, no Palácio de Buckingham e passamos por vários prédios históricos da cidade (inclusive pelo Admiralty Arch, um acesso de carros e pessoas que liga o The Mall à Trafalgar Square e pelo The House Horse Calvary Museum, sede da Guarda Real Britânica) até chegarmos na estação de metrô Westminster Station, a mais próxima do Big Ben.

Próximos à estação, encontramos os famosos soldados com capacete "tipo cotonete", bastante sérios apesar dos zilhões de turistas que se aproximam deles pra tirar foto. E, subitamente, eles dão um grito (que até hoje eu não consegui entender o que é) e entram em um beco, marchando sem olhar pra trás. É uma espécie de troca da guarda, mas não igual a que acontece aos domingos, em frente ao Palácio de Buckingham.

Gostei, sim, de conhecer o Big Ben e ficaria triste se não conseguisse ir até lá, porque é um dos passeios super clássicos de turista em Londres. Mesmo que não seja possível subir até à torre para conhecer a atração por dentro, vale a pena ao menos uma foto tirada na calçada mesmo. Todo mundo que vai lá faz isso e se sente conformado, então tá valendo.

Obrigada à minha amiga de housemate, Priscila, por parte das fotos desse post :)

E você? Já foi ao Big Ben? Sim? Então conte aqui pra gente como foi!

Até a próxima!

Já viu esses posts?

0 comentários

FOLLOW US @ INSTAGRAM